domingo, 26 de agosto de 2018

Google exclui 39 canais do YouTube usados para espalhar ‘fake news’

O Google também começou a eliminar grupos que usavam suas plataformas para disseminar conteúdo falso. A empresa removeu 39 canais do YouTube ligados à emissora estatal iraniana que atuariam em conjunto para influenciar a política de países pelo mundo.
Além dos canais no YouTube, o Google também encontrou blogs hospedados no Blogger e contas no Google+ vinculadas à TV iraniana. Esses grupos usariam as plataformas do Google para espalhar notícias falsas e, assim, influenciar o debate e o cenário político nos EUA, Reino Unido, Oriente Médio e em países da América Latina.
Os grupos atuavam pelo menos desde o começo de 2017 e foram detectados pela empresa de segurança digital FireEye, que também colaborou com o Facebook recentemente. Além de remover os perfis, o Google disse ter alertado autoridades dos EUA sobre o caso para auxiliar em investigações futuras.

Olhar Digital