quarta-feira, 25 de abril de 2018

Já pensou? Cheirar ‘peido’ do seu parceiro prolonga a vida e previne doenças, diz a ciência

Todos nós o fazemos, mas ninguém o aceita, é uma função perfeitamente normal e natural do nosso corpo, no entanto, nos causa uma vergonha que se origina na parte mais profunda do nosso ser (literalmente). Afinal, se você nunca deixar um peido escapar, você precisa ir ao médico.

É compreensível que seja um pouco tabu, como o resto das funções excretórias do nosso metabolismo, afinal, é desagradável, cheira mal e não é exatamente algo que faz você parecer mais atraente diante do sexo oposto.

Mas talvez não seja tão ruim "deixar escapar um" quando você estiver com seus entes queridos, pelo menos é isso que um novo estudo científico diz e garante que os componentes de nossos gases podem ajudar a combater doenças e até prolongar nossas vidas.

Embora possa parecer uma piada de mau gosto, é um achado científico sério que encontrou uma grande correlação entre estar exposto a esses gases e um aumento significativo na expectativa de vida das pessoas. 

Do portal Boa Mente!