sexta-feira, 20 de abril de 2018

A CRUZ DO MONTE DO CRUZEIRO

Segundo a senhora, Rita de Nuca, em sete de dezembro de 1962, foi fixada a primeira cruz no Monte do Cruzeiro, que fica localizado próximo à margem direita do rio Jacu, em sentido oriental da cidade. Este fato transformou o lugar num dos pontos turísticos e de pequena romaria em Japi. Iniciativa de dois frades redentoristas italianos (os grandes padres), que segundo dona Sinhá os nomes deles eram Ricardo Crisório e Euríquio Cristóvam, vindos da cidade de Campina Grande/PB, e que em suas missões visitaram a capela de São Sebastião. É importante saber que essa cruz foi feita pelo mestre carpinteiro Oliveira, a pedido de Manoel Medeiros Filho, o pai de Francisco Medeiros Sobrinho.                                                                                                
Os frades passaram uma semana em Japi e também ajudaram a construir a cruz. Depois de pronta, os frades abençoaram-na e junto com o povo a levaram ao monte. Lá no monte, após uma missa, a cruz foi erguida.
A informante disse ainda, que na década de 1980, a cruz que os frades tinham colocado no monte estava sendo destruída pela ação dos cupins; então, o padre Normando mandou fazer outra, abençoou-a e pôs ela no lugar da primeira.

As pessoas que ali estavam presentes, no momento em que ocorreu aquele evento religioso, e que ainda estão vivas para comprovarem, guardam em suas memórias as lembranças vivas de um fato que marcou a vida e a história do catolicismo de Japi.
                                                    Foto: Antonni Fernandes


Essas e outras Histórias sobre a nossa cidade você encontra no Livro: JAPI TERRA QUERIDA, EM FATOS E FOTOS.

O livro encontra-se a venda nos seguintes endereços:
Livraria Felix, Rua Manoel Medeiros;
Residência do Autor, Rua Manoel Medeiros, Nº59; Telefone: 98754-3576
Blog Japi em Foco, Rua Clara Nunes, 75;
Blog Joabson Silva, Madrinha Salvina;
Em Santa Cruz, você irá encontrar:
 Na livraria Educativa, na Praça Coronel Mergelino, centro.