sexta-feira, 18 de agosto de 2017

O desemprego é maior que possamos imaginar






















Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) divulgada ontem (IBGE), revela que o Brasil fechou o segundo semestre deste ano com 26,3 milhões de trabalhadores desempregados ou subocupados. Esse número representa em torno de 200 mil pessoas a menos que no trimestre anterior.

O número de desempregados caiu em todas as grandes regiões do país, entre o 1º e o 2º trimestre do ano, exceto o Nordeste. Apesar disso, em relação ao ano passado, o quadro continua crítico em todas as regiões.