sexta-feira, 10 de março de 2017

Prefeitura de Japi exige desocupação de quiosques


Através de notificação extrajudicial, a prefeitura de Japi exige a retirada dos comerciantes que ocupam cerca de 4 quiosques localizados nas praças Manoel Medeiros e Tota Branco, no centro da cidade, no prazo de 30 dias a contar desta sexta-feira (10), com a justificativa de que a desocupação é necessária para que sejam realizadas reformas e melhorias nas estruturas físicas dos imóveis.

De acordo a administração municipal, os bens públicos estão sendo usados de forma ''clandestina e irregular'', sem a devida autorização da prefeitura. ''Não ocorrendo a desocupação voluntária dentro do prazo estabelecido, será ajuizada ação própria visando a retomada coercitiva do imóvel'', diz o comunicado assinado pelo prefeito Jodoval Pontes.

Ao Blog do Joabson Silva, a comerciante Karina Ferreira dos Santos garantiu que vai apresentar recurso da decisão.

Veja abaixo a notificação: