quarta-feira, 8 de março de 2017

Da bancada do RN, só Fátima Bezerra e Zenaide Maia não aprovarão a reforma que impedirá brasileiro de se aposentar


O presidente Michel Temer (PMDB) quer aprovar a Reforma da Previdência do jeitinho que está.

Sem retoques.

Quem pensar em mudanças que favoreçam a população já sabe que poderá ficar de fora do seleto grupo do Palácio do Planalto.

Até antes da lava-jato isso representava um prejuízo financeiro incalculável.

Agora o prejuízo será eleitoral para quem assumir o risco de mexer na aposentadoria dos brasileiros.

No Rio Grande do Norte os grupos de zap-zap e redes sociais já expões os nomes dos parlamentares que vão aprovar o texto da reforma do jeitinho que Temer quer.

E quem quiser que trabalhe o resto da vida enquanto o presidente, há mais de 20 anos está aposentado.

Da bancada potiguar só dois parlamentares deverão reprovar o texto da reforma sem mudanças: a senadora Fátima Bezerra (PT) e a deputada Zenaide Maia (PR).

Os senadores Garibadi Filho e José Agripino Maia (DEM) estão na lista dos que vão aprovar a reforma que impedirá, pela lógica do tempo, que os brasileiros se aposentem.

Na Câmara, apoiam a reforma de Temer os deputados Antônio Jácome (PTN), Beto Rosado (PP), Fábio Faria (PSD), Felipe Maia (DEM), Rafael Motta (PSB), Rogério Marinho (PSDB) e Walter Alves (PMDB).