quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

MPRN lança edital de concurso público com 32 vagas

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) lançou, nesta terça-feira (21), o edital de abertura de um novo concurso público. O edital do certame prevê o preenchimento de 32 vagas em cargos de nível médio e superior. As inscrições devem ser feitas entre 13 de março e 12 abril, exclusivamente pela internet, no site da organizadora. A remuneração pode chegar a R$ 5.609,19.

Para o cargo de analista do ministério público, de nível superior, há a previsão de preenchimento de três vagas para candidatos com graduação em contabilidade, destas uma é destinada para pessoas com deficiência. 

Há ainda duas vagas para candidatos com formação em engenharia civil, destas, uma é destinada a pessoas com deficiência. A taxa de inscrição para os cargos de nível superior custa R$ 180,00. E a remuneração prevista para os cargos é de R$ 5.609,19, já acrescido de auxílio-alimentação e auxílio saúde.
MPRN

No edital, há a previsão de 27 vagas no cargo de técnico do MPRN, que exige como formação apenas o ensino médio. Do total de vagas, duas são destinadas a pessoas com deficiência, e as demais para ampla concorrência. A taxa de inscrição para os cargos de nível médio custa R$ 110,00. A remuneração prevista para o cargo é de R$ 4.472,71, já com adicionado o auxílio-alimentação e auxílio saúde.

A inscrição no concurso poderá ser feita via internet, pelo site da Comperve, a partir das 8h do dia 13 de março até as 23h59min do dia 11 de abril de 2017. A seleção dos candidatos terá prova objetiva para todos os cargos, mais prova discursiva para o cargo de Analista.

A prova objetiva terá 60 questões para Analista e 70 para Técnico, envolvendo conteúdos de língua portuguesa e redação oficial, noções de informática, história do RN e aspectos geoeconômicos do RN, legislação do ministério público do Rio Grande do Norte, conhecimentos específicos da área escolhida. As provas serão aplicadas no dia 07 de maio de 2017, nos municípios de Natal e Mossoró, sendo que os locais serão divulgados no dia 27 de abril.

A classificação obtida pelo candidato aprovado no concurso não gera o direito de escolher a Unidade de exercício, ficando essa definição condicionada ao interesse e à conveniência da Administração do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte. O prazo de validade do concurso será de dois anos, prorrogável ainda por igual período, conforme conveniência do Ministério Público do Estado-RN.