domingo, 13 de novembro de 2016

Mãe de 11 filhos, mulher é suspeita de matar o próprio marido em Caicó, RN

Conselheiros tutelares de Caicó tentam ajudar a família; na manhã deste sábado (12), comida foi doada (Foto: Francisco Fábio Araújo)
G1 RN: Um artesão de 44 anos foi assassinado com uma facada no peito na noite desta sexta-feira (11) na cidade de Caicó, região Seridó do Rio Grande do Norte. A suspeita do assassinato é a própria mulher da vítima, uma dona de casa de 41 anos que fugiu após o crime. Ela teria golpeado o marido em meio a uma discussão, informou a Polícia Civil. O artesão morreu na hora.
O homicídio aconteceu no bairro João Paulo II. No momento da briga, ainda de acordo com a polícia, sete dos onze filhos do casal estavam em casa.
Na manhã deste sábado (12), o Conselho Tutelar foi à residência levar comida para os pequenos. “Muito difícil e triste ver a situação desta família, que está totalmente desestruturada”, comentou o conselheiro Francisco Fábio Araújo.
Ainda de acordo com Fábio, esta foi a segunda vez que a suspeita esfaqueou o marido.
“Há um mês eles também brigaram durante uma bebedeira e ela feriu o marido no braço. Foi presa e passou uns quinze dias detida. Depois que foi solta, voltou para casa. Na noite desta sexta, os dois brigaram novamente. E mais uma vez eles tinham bebido. Só que agora ele teve menos sorte”, disse o conselheiro.
Segundo o conselheiro, a avó materna se comprometeu em cuidar dos netos.
O conselheiro disse que o filho mais velho do casal tem 24 anos e também deve ajudar na criação dos irmãos mais novos. Dos sete que ainda moravam com os pais, o mais novo tem 1 ano e o mais velha é uma adolescente de 15 anos.
A Delegacia Regional de Polícia Civil de Caicó informou que vai pedir à Justiça um mandado de prisão preventiva contra a suspeita.

G1 RN