segunda-feira, 21 de novembro de 2016

'Estou sem chão', diz pai de garota de 14 anos morta por bala perdida no RN

 G1RN
Samara Rayssa Guedes de Souza tinha 14 anos (Foto: Arquivo Pessoal)Samara Rayssa Guedes de Souza tinha 14 anos
(Foto: Arquivo Pessoal)
“Estou sem chão. A dor que sinto é insuportável”. O sofrimento é do autônomo Ricardo Souza, de 33 anos. Ele é pai da adolescente Samara Rayssa Guedes de Souza, de 14 anos, morta na noite deste domingo (20) vítima de uma bala perdida no bairro Planalto, na Zona Sul de Natal.
As palavras foram ditas na manhã desta segunda (21) em frente ao necrotério do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, momento em que Ricardo esperava o corpo de sua filha ser levado para necrópsia no Instituto Técnico de Perícia (Itep). “O que aconteceu com minha menina é algo que nunca mais vou esquecer. Tudo o que posso fazer agora é esperar por justiça, que a polícia encontre os assassinos que mataram minha filha e que eles paguem pelo crime que cometeram”, afirmou.
Ainda de acordo com o pai, Samara era a irmã mais velha de seis irmãos.

O caso
Ricardo e a filha estavam na rua onde moram quando houve uma troca de tiros envolvendo assaltantes. Aconteceu por volta das 19h deste domingo (20) no conjunto Leningrado, região carente da cidade. Na fuga, uma das motocicletas usadas pelos bandidos atropelou uma criança de três anos. "Naquele instante, fui prestar socorro. Foi quando minha filha se aproximou de mim dizendo que havia sido baleada na barriga", recordou.

Ferida, Samara foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento do bairro de Cidade da Esperança e em seguida transferida para o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, onde passou por cirurgia. Por volta das 21h ela morreu.
A PM ainda fez buscas, pela região, mas nenhum suspeito foi localizado. O caso está sendo investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).