terça-feira, 15 de novembro de 2016

Concurso PM/RN 2016/2017: Comissão é definida! Edital até dezembro com 600 vagas e saláro de até R$7,9 mil


O edital de concurso público da Polícia Militar do Rio Grande do Norte (Concurso PM/RN 2016-2017) será divulgado muito em breve. Em entrevista realizada na última segunda-feira, 24 de outubro, o governador do Estado, Robinson Fari, confirmou que o concurso será divulgado até o final do ano com nada menos que 600 vagas. “Até dezembro estarão disponíveis todos os editais para o concurso da PM, Itep, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil”, frisou.

Já no Diário Oficial do Estado da última quinta-feira, 10 de novembro, foi divulgado um importante passo para abertura do edital. Uma comissão especial foi constituída para acompanhamento do certame, definidação da organizadora e outros detalhes do edital de concurso da Polícia Militar. A comissão é formada pelo subsecretário de Recursos Humanos, Werbert Benigno, Carmem Lúcia, da Escola de Governo, pelo Tenente Coronel Andre Gustavo, major Ezau Macedo e pelo capitão João Batista.

A expectativa é que o concurso tenha vagas para o Curso de Formação de Soldados (CFSD), Curso de Habilitação a Oficiais (CHO) e para o Curso de Formação de Oficiais (CFO). O salário de Soldado da PM-RN será de R$ 2.900 mil reais após o curso formação, enquanto na função de 2º Tenente (primeiro posto na carreira do oficial), o subsídio chega R$ 7.900 reais mensais após o curso de formação.

Requisitos – Concurso PM/RN

-De acordo com o último edital de concurso público da PM/RN, os candidatos devem atender os seguintes requisitos para concorrer a uma das vagas no certame:

-Para a investidura do cargo o candidato deverá ter sido aprovado em todas as etapas do concurso, inerentes ao cargo que deseja ocupar.

-Para o cargo de policial militar masculino, o candidato deverá ser brasileiro nato ou naturalizado, na conformidade da Lei.

-Possuir ilibada conduta pública e privada, comprovada documentalmente por certidão de antecedentes criminais (ITEP), certidões negativas emitidas pela Justiça Federal, Eleitoral, Militar e do Distribuidor Criminal, demonstrando não estar, o candidato, indiciado, denunciado ou em cumprimento de pena criminal, inclusive até o término do CFSd.

-Não ter sofrido condenação criminal, com pena privativa de liberdade ou qualquer condenação incompatível com a função policial militar.

-Estar quite com as obrigações militares, devendo ser portador do Certificado de Reservista ou de Dispensa de Incorporação.

-Não ter sido isentado do serviço militar por incapacidade física definitiva.
-Ter, no mínimo, 1,65m de altura.

-Ter, no mínimo, 19 (dezenove) e, no máximo, 30 (trinta) anos de idade.

-Haver concluído o Ensino Médio ou equivalente, devidamente comprovado, por meio de diploma, certificado ou declaração reconhecidos legalmente, por Secretaria da Educação de qualquer das Unidades Federativas Brasileiras ou pelo Ministério da Educação.

-Para o cargo de policial militar os documentos comprobatórios dos requisitos acima enumerados deverão ser apresentados na ocasião da matrícula no Curso de Formação de Soldados, sob pena de anulação sumária da inscrição e de todos os atos decorrentes.