segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Sem salários e contratos de trabalho, médicos da UPA de Parnamirim realizam ato de demissão coletiva

Uma Assembleia com médicos da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Nova Esperança, de Parnamirim, definiu por unanimidade o ato de demissão coletiva e a entrega das escalas de plantão do mês de novembro dos médicos da Unidade.
Ação acontece nesta terça-feira (1° de novembro) devido a falta de condições de trabalho, de insumos básicos, exames laboratoriais, Raio x,  atraso dos salários (desde o mês de setembro), falta de segurança e de contratos de trabalho.
Após uma série de tentativas do Sindicato dos Médicos (Simed RN) de negociação, sem sucesso, com a Prefeitura Municipal de Parnamirim, cerca de 40 médicos que trabalham na Unidade, assinam o termo de demissão coletiva e entrega das escalas de plantão.