domingo, 2 de outubro de 2016

PF prende no aeroporto homem que trazia droga sintética da Europa para Natal

droga_pf
A Polícia Federal prendeu em flagrante na noite do sábado (1º), no aeroporto Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, um empresário paraense, 25 anos, acusado de tráfico internacional de drogas. O homem trazia da Holanda, escondido na mala, três quilos de MDMA (ecstasy).
A ação aconteceu durante uma fiscalização de rotina. Ao ser procedida a revista de uma das bagagens, chamou a atenção dos policiais o fato de que, mesmo retirando todo o seu conteúdo, ainda assim, a mala apresentava peso excessivo, sendo necessário rasgar uma das suas extremidades, o que possibilitou a droga ser encontrada dentro de um saco plástico, camuflada em um fundo falso.
O passageiro recebeu voz de prisão e foi levado para autuação na sede da PF, onde a substância entorpecente foi totalmente retirada da bagagem e passou por exames periciais. Durante o seu depoimento, o suspeito, que mora em São Paulo, disse que a mala foi entregue por uma pessoa desconhecida que a deixou na portaria do hotel onde ele se hospedara em Amsterdã, e que deveria ser transportada até Natal.
Ele afirmou ainda, que teve a promessa de receber R$ 30 mil caso a bagagem fosse entregue no destino, porém disse não saber identificar ou mesmo localizar o seu contratante, uma vez que “as instruções” seriam repassadas tão logo desembarcasse.
O acusado permanece custodiado na superintendência da PF, onde aguardará o pronunciamento da Justiça.
Segundo estimativa da Delegacia de Repressão a Drogas (DRE), a substância apreendida daria para produzir cerca de 25.000 comprimidos de ecstasy.