quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Atenção! Eduardo Cunha é preso em Brasília


O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos julgamentos da Operação Lava Jato, determinou a prisão preventiva do ex-presidente da Câmara e deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). A prisão já aconteceu no fim da manhã desta quarta-feira, dia 19, em Brasília. 

A determinação judicial do juiz Sérgio Moro foi protocolada ontem, dia 18, mas só foi cumprida pelos agentes da Polícia Federal no dia seguinte. Eduardo Cunha deverá ser encaminhado para ser encarcerado em Curitiba (PR) ainda nesta quarta-feira.

O peemedebista perdeu o mandato de deputado federal em setembro passado, ao ser cassado pelo plenário da Câmara. Com a medidas, ele perdeu o foro privilegiado, que é o direito de ser processado e julgado no Supremo Tribunal Federal (STF).

Pesa contra contra Eduardo Cunha a denúncia sobre contas na Suíça abastecidas por propinas na Petrobras. Investigações apontam que o ex-deputado cometeu corrupção e lavagem de dinheiro por ter recebido ao menos US$ 5 milhões em propinas referentes a dois contratos de construção de navios-sonda da Petrobras.