quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Cesta básica em Natal é a mais barata entre as capitais brasileiras, diz Dieese


Natal tem a cesta básica mais barata entre as capitais brasileiras. É o que aponta o levantamento realizado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) divulgado nesta quinta-feira (4). De acordo com o Dieese, a cesta básica custa R$ 362,63 na capital potiguar. O estudo leva em consideração preços analisados durante o mês de julho.
Preço do feijão começa a cair nos supermercados em Petrolina (Foto: Reprodução/ TV Grande Rio)De acordo com o levantamento, o custo do conjunto de alimentos básicos aumentou em 22 das 27 capitais do Brasil em julho. Na capital potiguar foi registrado um aumento de 2,98% na média dos preços em comparação ao mês anterior. No ano, o aumento foi de 16,06%.
Em Natal, o feijão foi o principal responsável pelo aumento dos preços. O produto aumentou o valor de venda em 14,96%. O leite (9,46%) e o arroz (6,18%) também contribuiram para o aumento.
O trabalhador natalense, cuja remuneração equivale ao salário mínimo, necessitou cumprir jornada de trabalho, em julho, de 90 horas e 40 minutos, maior que o tempo necessário em junho, de 88 horas e 02 minutos.