quinta-feira, 7 de julho de 2016

Vacina contra o vírus zika é testada com sucesso em camundongos

160122034652_zika_kit_640x360_credit_josue_damacena_ioc_fiocruzUma vacina experimental contra o vírus zika desenvolvida por pesquisadores brasileiros e estadunidenses foi testada com sucesso em experimentos com camundongos.
Os resultados foram publicados em 28 de junho na revista Nature e, segundo os autores, sugerem que a produção de uma vacina para humanos será “prontamente realizável”.
No Brasil, a pesquisa foi realizada no âmbito da Rede de Pesquisa sobre Zika Vírus em São Paulo (Rede Zika), com apoio da Fundação de amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e sob a coordenação de Jean Pierre Peron e Paolo Zanotto – ambos do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP). Nos Estados Unidos, a coordenação foi de Dan Barouch, da Harvard University, especialista no design de vacinas, sendo um dos primeiros autores Rafael Larocca, ex-aluno no Departamento de Imunologia e ex-bolsista Fapesp.
“A vacina conferiu aos camundongos uma proteção de 100%, ou seja, depois de vacinados, eles foram infectados e não apresentaram viremia [a carga viral medida no plasma foi igual a zero, mostrando que a infecção não progrediu]”, contou Peron.