sábado, 2 de julho de 2016

Brasil aumenta importação de feijão para reduzir preço

Com a queda da safra do feijão no mercado doméstico, o Brasil aumentou a importação do produto vindo da Argentina. A expectativa do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços é de que com a isenção do imposto de importação os volumes aumentem ainda mais nos próximos meses.
feijaoNo primeiro semestre, a compra de feijão preto da Argentina registrou aumento de 146,1% na comparação com igual período do ano passado, aumentando de 26 mil toneladas para 64 mil. Os argentinos, por serem parte do Mercosul, já não pagavam essa taxa.
“Já temos notado aumento na importação de feijão. O que deve aparecer a partir de agora é feijão de outras origens. Da Argentina já tem aumento, de outras origens não”, explicou o diretor do Departamento de Estatística e Apoio à Exportação, Herlon Brandão.