quinta-feira, 16 de junho de 2016

Segurança pública é discutida na Câmara Municipal de Japi nesta quarta


Blog do Joabson Silva - Com plenário lotado, segurança pública foi discutida na primeira sessão extraordinária deste ano da Câmara Municipal de Japi, realizada na noite desta quarta-feira (15). 

O vereador e presidente da Casa, Zome (PMDB), fez questão de apontar que na cidade, as pessoas estão vivendo em situação de medo devido à falta de segurança. O parlamentar lamentou a ausência do Major Moura e de representante do Ministério Público Estadual. Ambos sequer justificaram suas faltas. O prefeito Robinho comunicou antecipadamente que perderia a sessão, e indicou o vereador Bico de Pato (PP) como seu representante. Em sua fala, Bico lembrou que a Câmara sempre fez cobranças: quando no início do ano alguns vereadores visitaram a secretária estadual de segurança pública e defesa social. Na ocasião, foram solicitados mais policiais e uma viatura para o município. O vereador Bico ficou encarregado de convidar o General Lundgren, atual secretário estadual de segurança, para que ele participe de uma audiência pública que será marcada em breve pelo poder legislativo.

Após um longo debate, foi criada uma comissão formada por membros da sociedade civil e vereadores, que tem por finalidade propor medidas necessárias à melhoria da prevenção e proteção da comunidade, além de encaminhar aos órgãos competentes as necessidades relativas à segurança pública.

Como primeiro passo, o professor Maciel Souza sugeriu que fossem coletadas o máximo possível de assinaturas dos japienses, para que a comissão esteja respaldada ao fazer cobranças as autoridades responsáveis por cuidar da população. O abaixo-assinado ficará disponível na própria Câmara, igrejas, sindicatos, prefeitura e outras instituições do município. A ideia é que os poderes enxerguem que as solicitações de melhorias na segurança pública de Japi é algo de interesse coletivo da comunidade, e não um marketing de campanha para políticos.

Espera-se agora que tudo que fora discutido na sessão saia do papel. Atitudes sejam tomadas e que a sociedade se mobilize.

Vamos lá.