quarta-feira, 8 de junho de 2016

FARÁ FALTA? Globo registrará 1º fim de semana sem F-1 ao vivo

20163261753426_GettyImages-516663414_II(Foto: Getty Images)
“Um jovem fanático por artes marciais sonha regularmente com o Rei Macaco, mestre na arte do kung fu, e frequenta uma loja de penhores em Chinatown. Um dia, no fundo da loja, ele encontra um cajado igual ao usado pelo Rei Macaco em seus sonhos: medindo mais de um metro de comprimento e com um macaco gravado. Quando uma gangue tenta assaltar o local, ele recebe a missão de devolver o cajado a seu dono verdadeiro.”
É a descrição do filme estrelado por Jackie Chan que a Globo vai passar no próximo domingo em ‘Temperatura Máxima’. No horário do GP do Canadá de F1.
A emissora carioca tinha para este ano o mesmo dilema de 2015: com o horário de largada às 15h (de Brasília), teria de passar a primeira hora da sétima etapa do campeonato para cortar a transmissão e passar o sagrado Campeonato Brasileiro de futebol. Mas a cúpula da Globo decidiu por algo mais radical: não passar nada ao vivo.
Junte-se a isso a decisão de também não exibir mais nem a parte final do treino classificatório no sábado — oficialmente, a F1 também não consta na sua programação; é possível que use o apresentador Tiago Leifert, se escalado, para narrar os minutos finais dentro do programa ‘É de Casa’ —, e a Globo vai marcar seu primeiro fim de semana completo sem qualquer atenção em tempo real dedicada à categoria desde que passou a agregar em seu leque a transmissão do treino de sábado, em 1991.
No fim do ano passado, nas etapas dos EUA e do México, a Globo ao menos entrou ao vivo para relatar como se definiriam os grids de largada — não no caso de Austin, onde a chuva cancelou a classificação.
Como acontece nestes casos, é o SporTV quem vai assumir o comando. Os treinos livres, a classificação e a corrida vão passar no canal por assinatura, que promete iniciar a transmissão às 14h30 no SporTV2. A F1 vai entrar no ar na Globo no domingo à noite, às 23h55, em um compacto de uma hora após a terceira partida do Brasil na Copa América Centenário, contra o Peru.

UOL, via Grande Prêmio