quarta-feira, 15 de junho de 2016

8 milhões de brasileiros podem ter a vida impactada pelo câncer de colo do útero avançado

celula cancerPesquisa Datafolha, encomendada pela Roche Farma Brasil, mostra que um em cada três pessoas – aproximadamente 68 milhões de brasileiros¹ – conhece alguém que tem ou terá Câncer de Colo do Útero avançado. A doença tem maior incidência em mulheres de 40 a 50 anos, economicamente ativas, com baixo poder aquisitivo e com famílias constituídas.
A pesquisa também aponta que 30% das pacientes apresentaram algum problema psicoemocional que refletiram em seu círculo de convivência e 18% necessitaram de suporte constante de amigos e familiares. Outro dado relevante apontado na pesquisa é que o cônjuge e a mãe aparecem em segundo e terceiro lugar, respectivamente, como as pessoas que mais podem ajudar nesse momento, precedidos apenas pelo médico. Para superar
Os resultados evidenciam que, não apenas as pacientes, mas também todos que a cercam, têm a vida impactada de alguma forma pelo câncer de colo do útero, doença que mata cerca de 5 mil mulheres por ano e terá mais de 16 mil² novos casos em 2016 no Brasil³. “Quando a mulher começa a perceber os primeiros sinais, o câncer pode já está em fase avançada. O exame preventivo de Papanicolaou detecta alterações no colo de útero antes do surgimento do câncer, e o tratamento nesta fase interrompe a evolução da doença.