segunda-feira, 2 de maio de 2016

No RN, 548 mil ainda não tomaram vacina contra o H1N1

Campanha de vacinação H1N1 Divinópolis (Foto: Divulgação/PMD )
Após o ‘Dia D’ da Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus H1N1, ocorrido neste sábado (30 de abril), 548 mil pessoas ainda não foram imunizadas no Rio Grande do Norte. A informação é da Secretaria Estadual de Saúde (Sesap). Nesta segunda (2), o órgão divulgou que apenas 34,10% do público-alvo da campanha tomaram a vacina. Do início da campanha, ainda no dia 25 de abril, até momento, foram aplicadas 228 mil doses da vacina em todo o estado. No RN, a meta é vacinar 776 mil pessoas.
“Os dias que seguem até o final da campanha são essenciais para atingirmos a meta, que é de vacinar 80% de cada grupo prioritário”, afirmou a responsável técnica peoa Programa Estadual de Imunização, Zaira Santiago.

A campanha se estenderá até o dia 20 de maio, cumprido o calendário nacional de vacinação.
Grupos de risco
Os grupos prioritários e que devem tomar a vacina são: crianças de seis meses a menores de cinco anos; gestantes; puérperas (até 45 dias pós-parto); trabalhador de saúde; povos indígenas; indivíduos com 60 anos ou mais de idade; população privada de liberdade; funcionários do sistema prisional; pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis; pessoas portadoras de outras condições clínicas especiais (doença respiratória crônica, doença cardíaca crônica, doença renal crônica, doença hepática crônica, doença neurológica crônica, diabetes, imunossupressão, obesos, transplantados e portadores de trissomias).
A transmissão da Influenza ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos que, após contato com superfícies recém‐contaminadas por secreções respiratórias, podem levar o agente infeccioso direto à boca, aos olhos e ao nariz.