terça-feira, 3 de maio de 2016

Homem com doença rara é informado que tem apenas 100 orgasmos restantes antes que seu pênis “pare de funcionar”

Doenca-de-PeyronieIdentificado apenas como ‘RLS’, o homem, de apenas 34 anos, é vítima de uma condição rara chamada Fibrose Idiopática do Corpo Cavernoso, também conhecida como Doença de Peyronie.
Desta forma, os médicos que acompanham o seu caso, lhe informaram de que os seus orgasmos estão contados – estima-se que cerca de 100 restantes – e depois disso, nunca mais será capaz de senti-los.
Em um e-mail enviado ao site BroBible ele relatou o seu caso. “Sou o primeiro caso registrado desse problema. Ninguém sabe me dizer porque está acontecendo. Nunca usei cuecas apertadas ou passei muito tempo em saunas. Nunca sofri nenhum trauma nos testículos”, escreveu. “Algumas mulheres do meu passado sugerem que se trata de ‘karma’ e eu estou começando a acreditar nelas”.
“Basicamente, há um ‘reservatório’ no pênis que se enche de sangue que quando você tem uma ereção. No meu caso, cada vez que eu tenho uma, ela provoca uma reação autoimune, que faz com que cause cicatrizes no tecido. Assim, eventualmente o tecido com cicatrizes fará com que seja impossível conseguir uma ereção novamente”, dizia ele no e-mail.
De acordo com o Centro Internacional Tratamento Da Doença De Peyronie, a Fibrose Idiopática do Corpo Cavernoso (ou Doença de Peyronie), é uma condição que costuma se manifestar através de fibroses no pênis e pode provocar certas deformidades (curvatura, afinamento, redução do tamanho e até acinturamento). Costumam estar associadas a disfunção erétil – dificuldade de ter ou manter uma ereção – em maior ou menor grau. Assim, ela ocorre devido a formação de cicatrizes na túnica albugínea – tecido que reveste o corpo cavernoso do pênis.

Fonte:Jornal Ciência