quarta-feira, 18 de maio de 2016

Assembleia aprova projeto que reconhece Festa de Santa Rita de Cássia patrimônio do RN

PROJETO TORNA FESTA DE SANTA RITA PATRIMONIO DO RN
Evento religioso que atrai milhares de turistas a cada ano e movimenta economicamente a região da Trairi, a festa de Santa Rota de Cássia passa a ser patrimônio cultural, imaterial e histórico do Rio Grande do Norte, graças a projeto de iniciativa do deputado Tomba Farias (PSB). O projeto, aprovado na tarde de hoje no Plenário da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, será agora sancionado pelo Executivo.

Tomba Farias comemorou a aprovação do projeto e destacou a importância da festa religiosa não somente para a cidade, mas para a região e o RN. Segundo o parlamentar, o Santuário de Santa Rita de Cássia, desde a sua inauguração, já atraiu cerca de 1 milhão e 700 mil pessoas ao local.

De acordo com Tomba, os festejos de Santa Rita de Cássia contribuem para o desenvolvimento do turismo do Estado, ocupando toda a cadeia hoteleira do município. “Domingo passado mais de 110 ônibus visitaram a cidade, e isso foi destaque nas redes sociais. Hoje Santa cruz é detentor de 620 leitos hoteleiros, que se encontram ocupados desde último dia 10, e assim vão permanecer até o dia 22 ”, explicou.

O parlamentar destacou ainda que o turismo religioso de Santa Cruz será ainda reforçado pela implantação do teleférico, cuja primeira etapa da obra está em fase de conclusão. “Santa Cruz hoje se insere entre os cinco principais destinos de turismo religioso do Brasil”, enfatizou, ressaltando em seguida que, no próximo domingo, dia 22, o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, estará visitando as obras do teleférico.

Tomba Farias assinalou também que a procissão, que será realizada neste domingo, 22, costuma reunir cerca de 70 mil pessoas.