quinta-feira, 21 de abril de 2016

RN já soma três mortes por H1N1, confirma Sesap

G1/RN 

A Subcoordenadoria de Vigilância Epidemiológica (Suvige) da Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap) divulgou na manhã desta quarta-feira (20) um boletim atualizado com dados sobre a situação epidemiológica da gripe H1N1 no Rio Grande do Norte. Segundo a Sesap, seis casos da doença já foram confirmados este ano no estado. Destes, três pacientes foram curados e três morreram.

Também de acordo com a Sesap, até o dia 16 de abril (referente à semana epidemiológica nº 15) foram notificados 69 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), sendo que um foi confirmado para a Influenza A H3N2, 47 estão em investigação e 15 foram descartados para Influenza e para vírus respiratórios.

Dentre os 69 casos notificados para SRAG, 17 evoluíram para o óbito. A Sesap explica que a confirmação dos casos se dá por isolamento viral a partir de amostra de secreção nasofaríngea. No caso do Rio Grande do Norte, estas amostras são processadas pelo Instituto Evandro Chagas, em Belém.

A Influenza A (H1N1) é uma doença respiratória aguda (gripe), transmitida de pessoa a pessoa principalmente por meio da fala, tosse ou espirro e de contato com secreções respiratórias de pessoas infectadas.