segunda-feira, 25 de abril de 2016

Ator petista José de Abreu faz discurso pró-Dilma no programa do Faustão

ze_abreu
O ator José de Abreu foi um dos convidados de hoje (24) do Domingão do Faustão, da Rede Globo. Homenageado no quadro Arquivo Confidencial, ele deu sua opinião a respeito da situação política do país e comentou sobre a discussão ocorrida na noite de sexta-feira, quando cuspiu em um casal após ser ofendido em um restaurante de São Paulo.
Questionado sobre sua posição ideológica, Abreu defendeu a presidenta Dilma Rousseff e criticou a tentativa de golpe contra o governo. “Vão tirar a Dilma para entregar para esse pessoal? Vão entregar o cofre para a raposa com a desculpa de que estão acabando com a corrupção?”, perguntou, ao lembrar que ela foi eleita por 54 milhões de pessoas e não responde por qualquer tipo de crime, diferente de vários membros da oposição.
O artista ressaltou que nunca antes a Polícia Federal teve tanta liberdade para as investigações e que o estigma contra os petistas surgiu, em boa parte, por causa da imprensa. Ele pediu que haja mais tolerância entre as pessoas que pensam de forma diferente e lembrou que muitos membros do PT estão sendo hostilizados nas ruas por causa do ódio disseminado na sociedade.
Sobre o episódio no restaurante, em que foi xingado de “ladrão” e “safado” por um casal, o ator disse que não se arrepende de ter reagido. Ele afirmou que os ataques partem sempre contra a esquerda e que artistas como Lobão e Roger – que declaram ser abertamente opostos ao governo – nunca são incomodados.

Robson Pires