terça-feira, 22 de março de 2016

Sete frutas típicas do outono que melhoram o desempenho esportivo

caquiNesta primeira semana do outono, o blog entrou em contato com a Associação Brasileira de Nutrição Esportiva (ABNE) para listar os benefícios das frutas desta estação para quem gosta de praticar esportes. Conversamos com a presidente da entidade, Andrea Zaccaro, que fez considerações importantes.
– As frutas fazem parte dos alimentos que são fontes de fibras, vitaminas e minerais. Para atletas, a quantidade de fibras recomendada é a mesma de indivíduos não atletas. Porém, deve-se ter cuidado para que as mesmas não sejam consumidas em refeições próximas aos treinos e competições. Seu excesso pode causar saciedade precoce o que pode impossibilitar a ingestão adequada de alimentos – explica a presidente da ABNE.
Andrea ainda informa que as vitaminas e minerais merecem um olhar mais cuidadoso, pois o excesso de treinamento pode aumentar a necessidade acima da recomendação, principalmente para cálcio, ferro, magnésio, zinco, cobre.
– Esses nutrientes são importantes, pois participam de processos relacionados ao metabolismo energético, contração, reparação e crescimento muscular e resposta imune – acrescenta Andrea.
Isto posto, vamos a lista:
Caqui
É uma fruta de grande aporte calórico, ideal para repor as energias após o treinamento, além de oferecer outros benefícios como o betacaroteno e o licopeno.
Carambola
É rica em vitamina C, que auxilia no sistema imune. Seu papel antioxidante é importante para diminuir a quantidade de radicais livres no atleta.
Tangerina
Fortalece as defesas naturais do corpo por ser rica em vitamina C. Seu suco é de fácil digestão e ajuda a combater resfriados, gripes, febres… Possui também efeito anti-hemorrágico.
Abacate
Contém gorduras monoinsaturadas, que aliadas à pratica esportiva, auxiliam na redução do colesterol LDL e totais.
Mamão
Estimula e tonifica o organismo. É particularmente bom para a digestão e contém substâncias antibactericidas, capazes de evitar infecções intestinais causadas por parasitas, além de proteger as mucosas dos intestinos.
Melão e melancia
São parecidas. Ambas têm propriedades diuréticas, auxiliando no funcionamento dos rins e na perda de peso.

O Globo