sábado, 12 de março de 2016

Ex-promotor de Guarabira e Belém, João Anísio perde a luta contra as drogas e vive como mendigo em casa abandonada

Ex-promotor de Guarabira e Belém, João Anísio perde a luta contra as drogas e vive como mendigo em casa abandonada

Vi no Portal do Litoral uma reportagem sobre o promotor João Anísio e quase não acreditei. Aquele homem altivo que conheci em Guarabira na época em que junto com Marinho Mendes ajudou a levar para a cadeia o chefe do famigerado esquadrão da morte, Capitão Givanildo.
Hoje envolvido com drogas, possivelmente crack, João Anísio está irreconhecível, magérrimo, dormindo sobre uma tábua e morando numa casa abandonada com outros drogados.
Fui à Assembleia Legislativa prestigiar João no recebimento do título de cidadão paraibano e conheci sua linda esposa e filha.
Era um homem honrado, altivo, combativo e muito corajoso e quem já assistiu um juri popular com ele na acusação sabe do que estou falando. Era simplesmente brilhante.
Após sair de Guarabira ele foi morar em Belém, onde teria começado o seu calvário. Lá, dizem, teria sido desmoralizado numa discussão com um outro homem, apanhado na cara, se envolvido com mulheres, processado por agreassão a uma jovem. bebidas e, como, conseqüência dessa turbulência, perdido a esposa, uma figura de feições nórdicas, olhos azuis e que sempre lhe acompanhava auxiliando nos juris.
Mergulhando nas drogas após a tragédia pessoal, João foi aposentado pelo MP e nunca quis ouvir apelo de amigos e parentes para que procurasse ajuda para sair das drogas. E virou mendigo, apesar da condição financeira e formação intelectual.
Com o rosto desfigurado e irreconhecível, hoje João Anísio perambula por aí com drogados e mendigos e mora numa casa abandonada junto com outros dependentes químicos.
Na foto principal ainda podemos perceber ele com um celular e cigarro e na foto abaixo um colega de convivência revela a atual feição dele, destruído pelas drogas.
Lamentável que uma mente tão brilhante tenha sucumbido ao vício e, depois de ter feito justiça botando tantos criminosos na cadeia, termine seus dias vivendo a margem da sociedade.

Blog do Dercio