terça-feira, 1 de março de 2016

Brasileiros já compram mais pela internet do que em lojas físicas

2015_861977300-201510282328030915.jpg_20151028

Comercio eletrônico – Guito Moreto / Agência O Globo
O número de brasileiros que compram online mensalmente já superou o dos que consomem em lojas físicas. É o que mostra levantamento Total Retail 2016, da PwC, divulgado nesta terça-feira. De acordo com a pesquisa, que entrevistou mil pessoas, 38,2% dos brasileiros têm o hábito de fazer compras online todos os meses contra 30,9% que declaram comprar em lojas físicas com a mesma frequência. Somente 3,4% dos consumidores entrevistados nunca adquiriram produtos em sites.
O computador ainda é o meio preferido no Brasil e no mundo para realizar compras online: 34,4% dos brasileiros declaram usá-lo para adquirir produtos mensalmente, enquanto 15,8% fizeram uso de tablets e 15,3% disseram usar smartphones.
— Para os brasileiros, o preço é o fator determinante na preferência por compras online — disse Ricardo Neves, sócio da Pwc, detalhando que 53,8% dos entrevistados compraram em sites nos últimos 12 meses justamente por conta do menor preço em relação às lojas físicas.
O levantamento mostra também que para 41,6% dos consumidores a conveniência é o principal motivo para a realização de compras online. O preço aparece ainda como principal fator na escolha dos varejistas favoritos dos brasileiros. Para 58,7% dos entrevistados, um bom preço é o que mais pesa na hora de decidir onde comprar, seguido pela confiança na marca do produto, citada por 44,6%.
A respeito do hábito de pesquisar produtos antes de efetuar a compra, a pesquisa mostra que para adquirir itens como eletroeletrônicos, livros, cosméticos e artigos esportivos o consumidor prefere fazer pesquisas em lojas online. Já em vestuário, supermercado, materiais de construção e decoração a maior parte das pesquisas é feita em lojas físicas.
Os modos de pagamento preferidos pelos consumidores também foram levantados pela pesquisa. O cartão de crédito aparece como o meio de pagamento mais usado no Brasil, sendo citado por 78,5% dos entrevistados. Em seguida, aparece dinheiro, usado por 59,2% dos brasileiros, e cartão de débito (53,7%). Nos demais países, o método mais usado é o pagamento em dinheiro (74,7%), seguido por cartão de crédito e cartão de débito (58,2% e 56,9%, respectivamente).

O Globo


via: Blog do BG