sábado, 26 de março de 2016

Brasil abre 2 a 0, mas cede empate ao Uruguai no Recife

(FOLHAPRESS) – Mesmo depois de abrir 2 a 0 no placar, o Brasil cedeu o empate em 2 a 2 ao Uruguai na noite desta sexta-feira (25), na Arena Pernambuco, pela quinta rodada das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo-2018.
Com o empate, o time brasileiro chegou aos oito pontos, na terceira colocação do classificatório, enquanto o Uruguai se manteve na vice-liderança, com dez.
Dunga mudou a formação tática do Brasil e escalou o time no 4-1-4-1, com Douglas Costa (pela esquerda), Renato Augusto e Fernandinho (centralizados), além de Willian (pela direita) formando o meio de campo, enquanto Neymar ficava mais à frente, na função de “falso 9”.
Desta maneira, a seleção brasileira ganhou mobilidade no campo de ataque. Mesmo optando por jogar com a marcação mais recuada, a equipe nacional envolvia com facilidade a defesa uruguaia toda vez que retomava a bola em velocidade.
O gol de Douglas Costa, após cruzamento de Willian, com menos de um minuto de partida, contribuiu ainda mais para a proposta de jogo do Brasil dar certo no confronto.
Com liberdade em campo, Neymar não foi somente o finalizador de algumas jogadas no ataque do Brasil. Ele também funcionou como armador. Aos 25min, o camisa 10 deu belo passe em profundidade para Renato Augusto fintar o goleiro Muslera e marcar um belo gol.
No entanto, mesmo melhor na partida, a seleção brasileira cometeu erros na defesa que permitiram ao Uruguai chegar com perigo ao gol de Alisson após os 2 a 0 no placar.
Após um erro de marcação do lateral Filipe Luis, que não acompanhou Carlos Sánchez na grande área, Cavani descontou para a seleção visitante antes do intervalo.
O Uruguai voltou melhor dos vestiários e chegou ao empate logo aos 2min, quando Suárez aproveitou brecha de David Luiz e chutou cruzado para vazar Alisson.
Dunga tentou aumentar a produção ofensiva com as entradas de Philippe Coutinho, Ricardo Oliveira e Lucas Lima. Porém, com os visitantes todos recuados, o Brasil pouco criou até o apito final.
No fim, quase que Suárez decretou a virada uruguaia, mas o goleiro Alisson evitou o gol certo do atacante adversário em bela defesa com os pés.
O Brasil volta a campo na próxima terça-feira (29), quando enfrenta o Paraguai, em Assunção. Neymar, que levou cartão amarelo contra os uruguaios, cumprirá suspensão.