segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Grávidas que contraíram Zika vírus estão pagando até R$ 15.000 para abortar

Notícia impactante na Folha de São Paulo neste domingo, que mulheres grávidas diagnosticadas com o Zika vírus estão recorrendo a clinicas particulares para abortar, procedimento esse que tem custado até R$ 15.000,00.

Três médicos relataram ao jornal, alguns casos de mulheres de nível superior e boa condição financeira tinham planejado a gravidez e se desesperaram quando descobriram que tinham contraído o vírus.

As gestações estariam entre a sexta e oitava semana e foram interrompidas com um remédio chamado Citotec, que está com venda proibida no Brasil desde 1998.