quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Sesap confirma presença do zika vírus em paciente falecida no RN

Em entrevista coletiva concedida à imprensa na manhã desta quarta, 27, a Coordenadora de Promoção à Saúde, Cláudia Frederico, detalhou o caso da primeira confirmação da presença do Zika Vírus no material coletado de uma paciente que foi a óbito no Rio Grande do Norte.

A paciente, uma jovem de 20 anos, residia no interior do Estado e foi a óbito em abril de 2015. Inicialmente teve seu quadro notificado como um possível caso de dengue. Após o óbito, amostras foram enviadas ao Instituto Evandro Chagas, em Belém/PA, que descartou a presença do vírus da dengue e confirmou a presença do zika vírus.

“Esta confirmação é um achado importante, vai agregar dados à investigação do comportamento do vírus, porém ainda não é o momento de dizer que o zika vírus causou o óbito desta paciente; isso só poderá ser confirmado após uma investigação completa e cuidadosa”, explicou.

A equipe da Sesap vai investigar o prontuário, fazer contato com familiares e levantar todas as informações que possam eliminar outras possibilidades de causa para o óbito. “Nos preocupa o fato de a doença [zika] aparecer com um quadro sintomático leve e observarmos consequências mais sérias”.

O nome e endereço da paciente não foram divulgados em respeito à família da paciente, a fim de evitar que a exposição e assédio a familiares possam dificultar o trabalho da equipe de saúde.

Além do referido caso, o RN tem outros 22 óbitos descartados para dengue e que estão sendo investigados. O RN é o terceiro estado a confirmar a presença de zika vírus em pacientes que foram a óbito, ao lado do Maranhão e Ceará.