terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Papa Francisco e presidente iraniano se reuniram por 40 minutos no Vaticano

O presidente iraniano, Hassan Rouhani, se reuniu com o Papa Francisco no Vaticano nesta terça-feira (26), num encontro que durou 40 minutos. Segundo jornalistas que estavam presentes, o Pontífice pediu a Rouhani para trabalhar com outros Estados no Oriente Médio para promover a paz e impedir a disseminação do terrorismo e do tráfico de armas na região.

“Muito obrigado pela sua visita e eu o espero em paz”, declarou o Papa em italiano.

“Por favor, ore por mim. Fez-me muito bem encontrá-lo, e desejo-lhe um bom trabalho”, respondeu em farsi Rouhani na saída da biblioteca papal.

Em comunicado emitido após a reunião, o Vaticano citou o papel relevante do Irã para encontrar soluções políticas para problemas que afetam o Oriente Médio, mencionando especificamente o terrorismo e o tráfico de armas.

Numa tentativa de reconstruir os laços econômicas com a Europa, o presidente da República Islâmica do Irã viajou na segunda-feira para Roma liderando uma delegação de diplomatas e oficiais, incluindo o ministro das Relações Exteriores, Javad Zarif.

A retomada das relações comerciais com a Europa vem após o levantamento de sanções a Teerã como parte do acordo nuclear firmado com as potências mundiais. É a primeira visita de Estado de um presidente iraniano em quase duas décadas no continente.