segunda-feira, 20 de novembro de 2017

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Prefeito atende Ministério Público e cancela processo seletivo em Japi

Está cancelado o processo seletivo simplificado que tinha por objetivo a contratação de profissionais por tempo determinado para suprir as necessidades de pessoal da prefeitura do município de Japi. A decisão tomou por base um pedido do Ministério Público do Rio Grande do Norte que questionou a lisura do certame que ocorreu em agosto e contou com a participação de 460 inscritos.

De acordo com o decreto 19/2017, a comissão responsável pelo processo deverá confeccionar um novo edital de seleção, estabelecendo novos critérios, observando as recomendações do MP. O novo processo seletivo deverá prevê a possibilidade de aproveitamento as inscrições já realizadas, inclusive, a devolução da taxa de inscrição para os candidatos que não desejarem concorrer ao novo certame.

O prefeito Jodoval Pontes (PMDB) cancelou o andamento do processo e eventuais atos de homologação, convocação ou nomeação para os cargos de gente de saúde, assistente social, auxiliar de saúde bucal, educador físico, enfermeiro, facilitador de grupo, fisioterapeuta, médico, nutricionista, odontólogo, psicopedagogo, psicólogo, supervisor social, técnico de enfermagem, visitador social, advogado, agente administrativo, arquivista, auxiliar de serviços gerais, auxiliar de farmácia, auxiliar de professor, copeira, coveiro, digitador, enfermeiro, engenheiro civil, gari, motorista, nutricionista, pedreiro, recepcionista, técnico agrícola, tratorista, veterinário e vigilante, atendendo ao pedido formulado pela 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Santa Cruz/RN.

Segundo a ação, assinada pelo promotor Ricardo José, ''o processo tem falhas que evidenciam afronta aos princípios da isonomia, publicidade, moralidade e razoabilidade''

Clique aqui e confira à íntegra documento.

Blog do Joabson Silva

EM JAPI: O melhor pão, feito com amor e extrema higiene é na BIOFONTES.

A BIOFONTES apresenta para você uma maneira gostosa de cuidar da saúde comendo.
A soja, o gergelim e a chia juntos trazem enormes benefícios para a sua saúde.

O consumo regular desses alimentos naturais proporcionam enormes benefícios para o corpo.
Dentre eles, o combate ao câncer, à diminuição do nível de glicose no sangue, o fortalecimento das veias e artérias, pressão alta, osteoporose, sintomas da menopausa, diminuição da flacidez da pele e melhora no funcionamento do cérebro, além de fortalecer unhas e cabelos, evita o envelhecimento precoce, ajudando ainda no bom funcionamento do intestino.
Esses produtos estão em forma de pão para facilitar o consumo.

Sendo assim você cuida da saúde enquanto come, pois os pães são de ótimo paladar e não contém nenhum produto químico ou conservante, também não contém nada de açúcar ou adoçante, 100% diet e saboroso, ótimo para pessoas que faz uma dieta saudável, e para pessoas que precisam repor o cálcio e de um bom funcionamento do intestino, recomendado pra quem pratica exercícios regulamente e pessoas idosas, crianças, mulheres gravidas etc...
Procure um de nossas representantes e encomende:

através do professor João Edilson no telefone: 98864-0861. São produtos de confiança.
Observação: Por não conter produtos químicos para conservar, recomenda-se por na geladeira para durar mais.



Esses produtos são fabricados pela BIOFONTES, organização do professor João Edilson.

Dia 14 de Janeiro tem Cavalgada em São Bento do Trairí

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

A insegurança toma conta de Japi

Os moradores de Japi-RN, sentem-se inseguros, principalmente durante a noite. Vários assaltos vêm sendo registrados na cidade e a população clama por segurança. A criminalidade cresce, e o clima de insegurança predomina. As autoridades precisam fazer algo urgente...
Resultado de imagem para insegurança charge

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Imperdível

A Autoescola da Família, traga seu filho ou sua filha sem preocupação nosso maior interesse é seu aprendizado. E mais a autoescola Condutran tem ótima localização na rua Cosme Ferreira Marques,324 Centro.
A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

ENEM 2017: Gabarito extraoficial. Veja todas as respostas do 2º dia de prova

Segundo dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 teve abstenção de 32%, segundo dados divulgados neste domingo (12) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Segundo o Inep, órgão responsável pela aplicação das provas, dos 6.731.344 inscritos, 2.156.449 se ausentaram no segundo dia. Os dados são preliminares, e poderão sofrer alterações após checagem do instituto.

O índice de abstenções nesse segundo dia de provas ficou um pouco acima da média dos últimos anos. De acordo com o Inep, entre 2009 e 2016, a média de abstenções foi de 29,8%.

CONFIRA :




quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Imagem do dia



Promoção continua na loja Pica Pau Moto Peças

Lembrando que a nossa promoção continua: na compra em qualquer valor a vista, você estará concorrendo a todo fim de mês um presente. No dia 30 de Novembro estaremos fazendo o sorteio, que premiará vários vencedores. 

Pica Pau Moto Peças, a loja que mais presenteia seus clientes em Japi. Lembrando que aceitamos todos os cartões!


terça-feira, 7 de novembro de 2017

Quadra esportiva é alvo de reclamações de vizinhos em Japi


A quadra de esportes situada ao centro da cidade de Japi tem se tornado alvo de reclamações de vizinhos desde que foi inaugurada. Além do barulho excessivo causado por atividades esportivas praticadas em horários inapropriados, a principal queixa de quem mora na vizinhança é a falta de estrutura do equipamento esportivo, como a baixa altura da rede de proteção que não impede que bolas sejam arremessadas nos quintais e telhados das residências mais próximas.

''Quando não estamos em casa, ou muitas vezes tarde da noite, eles entram em nossos muros pra pegar a bola sem a nossa permissão. Sem contar as inúmeras telhas que já foram quebradas'', reclamou uma moradora durante ligação a um programa de rádio.

A professora Elialda Medeiros, outra vizinha, usou sua conta no Facebook para fazer um ''apelo'' as autoridades. Veja abaixo:



Responsável pelo gerenciamento do local, Ihan Jorge, coordenador da Secretaria Municipal da Juventude, Cultura, Esporte, Turismo e Lazer garantiu que o problema deverá ser resolvido nos próximos dias. ''A secretaria compreende que as bolas nos quintais dos moradores próximos a quadra causa incômodo, por isso estamos tomando as medidas necessárias. Até o término desse mês serão colocadas telas de proteção para que não aconteçam mais esse tipo de transtornos'', explicou.

''O projeto original foi elaborado pelo governo federal. Por isso não foram instaladas grades de proteção nas laterais. E à frente e atrás ficaram a meia altura'', contou um dos funcionários que trabalhou na construção. A manutenção do espaço é de responsabilidade da prefeitura do município.



Importância – Em pouco menos de seis meses de funcionamento a quadra já foi usada em reuniões, comemorações e competições esportivas, promovendo a integração entre os jovens, além de tirar vários adolescentes da ociosidade das ruas. O espaço foi bastante reivindicado pela população.

A propósito – Na ordem de R$ 250 mil, a quadra de esportes é fruto de um convênio entre a prefeitura do município (gestão Robinho Medeiros 2009-2016) e o governo federal, e apesar de não está totalmente concluída, a administração do prefeito Jodoval Pontes resolveu inaugurá-la em maio passadosensível aos esportistas japienses que até então não tinham um espaço público para prática de esportes como vôlei e futsal.

Joabson Silva

Prefeitura de Japi publica decreto que determina a redução de gastos públicos


A edição online do Diário Oficial dos Municípios que circula nesta quarta-feira (25) traz a publicação de um novo decreto de contingenciamento dos gastos do Poder Executivo de Japi. A decisão busca o equilíbrio das contas públicas e a contenção do aumento percentual de gasto da prefeitura com a folha de pessoal. Além disso, a medida prevê a redução das despesas com o custeio da máquina.

No início do mês o prefeito Jodoval Pontes (PMDB) havia decretado estado de calamidade financeira pela segunda vez em 10 meses de governo. Confira aqui

Pelo decreto de nº 017/2017, de hoje, fica suspensa a formalização de contratos temporários, exceto quando estes mostrarem-se imprescindíveis ao funcionamento mínimo de serviços essenciais ou forem custeados integralmente com recursos federais ou estaduais.

Confira à íntegra aqui

Durante o contingenciamento também ficam suspensas as concessões de afastamento de servidores públicos para participação em cursos, seminários, congressos, simpósios e outras formas de treinamento e capacitação que demandem a realização de despesas. O decreto também interrompe a concessão de diárias e pagamento de despesas de viagem em geral e a contratação de serviços de coffee break e refeições diversas para eventos.

O município fica impedido de celebrar novos contratos de locação de imóveis, veículos ou contratação de serviço de terceirização de transporte, e de apoiar e patrocinar eventos e outras atividades diversas realizadas por pessoas físicas ou por pessoas jurídicas de direito público ou privado, por intermédio de convênios, de termos de cooperação técnica ou de termos de parceria.

Economia

Todos os órgãos da prefeitura ficam obrigados a adotar medidas que visam a economia no custeio. O decreto obriga a redução do horário de expediente das Secretarias Municipais, adotando o expediente corrido das 07:00 às 13:00h.

O documento exige redução da despesa com cargos comissionados de pelo menos 60% (sessenta por cento) do total de servidores com vínculo precário, ocupantes de cargos comissionados, funções gratificadas e/ou contrato temporário, bem como pede a apuração dos atos que resultaram em aumento da despesa com pessoal expedidos nos cento e oitenta dias anteriores ao final do mandato 2014-2017, para avaliação de possível descumprimento ao artigo 21 da Lei Complementar 101/2000;

No artigo 3º, V, a decisão destaca a revisão dos contratos de alugueis, reduzindo a quantidade bens locados pela prefeitura do município.

Joabson Silva

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Enem 2017: Mais de 2 milhões não comparecem no primeiro dia de prova, diz Inep

Dos 6.731.344 inscritos, 2.033.590 se ausentaram nesse primeiro dia. Eunice Santos ponderou, no entanto, que esse número poderá sofrer mudanças já que os dados ainda estão sendo copilados.

Segundo o Inep, 273 participantes foram eliminados no primeiro dia do Enem. Desses, 264 foram desclassificados por descumprimento de regras gerais do edital e 9, por terem algum equipamento identificado pelo detector de metais. 

Na edição do Enem do ano passado, houve 3.942 eliminações no primeiro dia de prova.

Prefeito de Japi tem celular clonado e é vítima de golpe no WhatsApp; veja vídeo

Inscrições para casamento comunitário na Igreja de Japi terminam dia 20

Interessados em trocarem alianças no tradicional casamento comunitário da igreja de São Sebastião, em Japi, têm até o próximo dia 20 para fazerem a inscrição. A cerimônia coletiva ocorrerá no dia 21 de janeiro de 2018, durante as comemorações do padroeiro da comunidade católica, o mártir São Sebastião.

As vagas são ilimitadas e o casamento na igreja não terá custo para os noivos. As inscrições são feitas por Deusinha. Telefone: (84) 98861-7393

Esta ação é destinada a casais que vivem em uniões livres, ou que estejam casados apenas no civil, com ou sem filhos, mas que desejam receber o sacramento do matrimônio, e ainda não o fizeram por várias razões. Passado o período de inscrições, os noivos receberão um curso na paróquia de Santa Rita de Cássia, em Santa Cruz, entre os dias 25 e 26 deste mês.

A expectativa para esta nova edição é atrair muitos casais ao rito. No ano passado houve baixa procura e somente uma união foi sacramentada.
Joabson Silva

1,5 milhão de servidores estaduais correm o risco de não receber o 13º

Cerca de 1,5 milhão de servidores estaduais correm o risco de não receber o 13.º salário até o fim do ano. Em situação fiscal delicada, os Estados do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte e Minas Gerais já enfrentam dificuldades mensalmente para levantar recursos para arcar com a folha de pagamento e seus funcionários devem penar para receber o salário extra. No Piauí, os servidores públicos já receberam 50% do 13.º, mas o governo ainda não sabe como fazer para pagar a segunda parcela. No Rio Grande do Sul, será o terceiro ano consecutivo em que os funcionários não receberão no prazo. O 13.º de 2015 foi pago aos trabalhadores apenas em junho do ano seguinte, com correção de 13,67% – o valor médio cobrado por empréstimos bancários tomados pelos servidores à época. O salário extra do ano passado foi parcelado em dez vezes e, agora, não há definição em relação ao de 2017. “Não temos nenhuma previsão (de quando o pagamento será feito)”, disse o secretário da Fazenda do Rio Grande do Sul, Giovani Feltes. De acordo com ele, o 13.º dos servidores depende da recuperação da economia do Estado – que permitirá uma arrecadação maior –, da operação de venda de ações do Banrisul e da assinatura do regime de recuperação fiscal com o governo federal. “Esperamos fechar com o governo e concluir a operação do Banrisul em dezembro. Disso depende não só o pagamento (do salário extra), mas todo o Rio Grande do Sul.” No Estado, há quase dois anos, o salário mensal dos 342 mil funcionários, aposentados e pensionistas é pago com atraso – de duas semanas, em média. A folha de pagamento soma cerca de R$ 1,4 bilhão, mas R$ 800 milhões costumam faltar todos os meses. No Rio de Janeiro, que fechou acordo de recuperação fiscal com o governo federal em setembro, as perspectivas também são bastante ruins para os servidores públicos: quase metade dos 470 mil trabalhadores ainda não receberam nem o 13.º do ano passado, e 15 mil deles não viram o pagamento de agosto. Com uma folha mensal de R$ 1,7 bilhão, o Estado aguarda empréstimo de R$ 2,9 bilhões – que faz parte do pacote de resgate financeiro – para pagar os trabalhadores, informou, em nota, a Secretaria da Fazenda. Com 99 mil servidores e uma folha de R$ 365 milhões, o Piauí já pagou aproximadamente R$ 180 milhões em 13.º salário neste ano – os funcionários recebem a primeira parcela no mês de aniversário. Para quitar o restante, porém, ainda não há recursos disponíveis. “Estamos pagando só as despesas essenciais para tentarmos cumprir o prazo (de pagamento), que é 20 de dezembro”, diz o superintendente do Tesouro, Emílio Júnior. Todos os anos, o Estado precisa levantar recursos extraordinários para arcar com o salário extra, de acordo com Júnior. Neste ano, o governo espera levantar recursos com o Refis, que permitirá que os contribuintes parcelem suas dívidas. “Essa é a luz no fim do túnel”, acrescenta. Sem previsão. Em Minas Gerais e Rio Grande do Norte, que também integram a lista de Estados em situação fiscal complicada, os governos têm pago, desde 2016, os trabalhadores de forma escalonada: primeiro recebem os que têm salários mais baixos e, conforme entram recursos, os demais. A Secretaria de Fazenda de Minas informou que não há definição sobre o pagamento do 13.º. Já a secretaria do Rio Grande do Norte afirmou que pretende pagar o salário ainda em dezembro. Para a economista Ana Carla Abrão Costa, que foi secretária da Fazenda de Goiás no governo de Marconi Perillo (PSDB), é natural que os Estados tenham dificuldade para pagar o 13.º, pois a maioria deles compromete mais de 60% das receitas com salários. “A despesa com folha de pagamentos está fora da lei (superando o limite de 60% da arrecadação), e a receita dos Estados não tem 13.º”, destaca. Ana Carla afirma que os Estados que pagam o salário extra ao longo do ano – no mês de aniversário de cada servidor, por exemplo – acabam diluindo a despesa e costumam ter menos problemas em dezembro. A situação fiscal dos Estados, acrescenta, piorou a partir de 2011, quando eles aceleraram o endividamento, e se agravou ainda mais com a crise econômica, que reduziu a arrecadação. (Estadão)

Gabarito extraoficial do Enem 2017; veja respostas corretas


Embora o Ministério da Educação só deva divulgar o gabarito oficial do Enem 2017 até a próxima quinta-feira (16), confira abaixo gabarito extraoficial feito pelo SAS Plataforma de Educação: Clique aqui!

domingo, 5 de novembro de 2017

AQUI VOCÊ TIRA SUA CARTEIRA COM ALTA QUALIDADE !

DIVIDIMOS EM ATÉ 12 VEZES E EM BREVE TERÁ MAIS NOVIDADES PARA VOCÊ AGUARDE !
O MÊS INTEIRO DE PROMOÇÃO PRA VOCÊ!

Petrobras aumenta preço do gás de cozinha em 4,5% a partir de domingo


A Petrobras elevará os preços do GLP residencial envasado em botijões de até 13 kg, o gás de cozinha, em 4,5%, em média, a partir das zero hora de domingo (5). A informação partiu da própria estatal na sexta-feira.

Segundo a Petrobras, se o ajuste for integralmente repassado ao consumidor pelas distribuidoras, a alta será, em média, de 2% ou cerca de R$ 1,21 por botijão. O último reajuste aconteceu no dia 11 de outubro, quando os preços foram reajustados em média em 12,9%.


quinta-feira, 2 de novembro de 2017

PICA PAU MOTO PEÇAS premia vencedores do mês de Outubro

Confira os vencedores do mês de Outubro na Loja  Pica Pau Moto Peças.
Lembrando que a nossa promoção continua: na compra em qualquer valor a vista, você estará concorrendo a todo fim de mês um presente. No dia 30 de Novembro estaremos fazendo o sorteio, que premiará vários vencedores. 

Pica Pau Moto Peças, a loja que mais presenteia seus clientes em Japi. Lembrando que aceitamos todos os cartões!

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

MP recomenda suspensão de processo seletivo realizado pela Prefeitura de Japi

O Ministério Público do Estado recomendou que a Prefeitura do município de Japi anule ‘imediatamente’ o processo seletivo realizado em agosto.

Segundo o texto da recomendação, o processo tem “falhas que evidenciam afronta aos princípios da isonomia, publicidade, moralidade e razoabilidade”.

O MP dá prazo de 10 dias para o prefeito Jodoval Ferreira de Pontes apresentar os documentos que atestem o cumprimento da recomendação.

O MP pede ainda que a Prefeitura exonere todos os aprovados que já tenham sido contratados, além de pedir que o Município devolva os valores pagos pelas inscrições.
Resultado de imagem para ministerio publico do rn

Thaisa Galvão